www.institutofeiradolivro.com.br

evento

notícias

ARGENTINOS ESTARÃO PRESENTES NA FEIRA INTERNACIONAL DO LIVRO

01/07/2008 15h42min - Os escritores argentinos Marcelo Moreyra, Alfonso Daniel Larrea e Olga Zambone são presenças confirmadas na Feira Internacional do Livro a ser realizada entre os dias 1º a 10 de agosto em Foz do Iguaçu.
Durante a estada na cidade, esses escritores farão um bate-papo com o público dentro do tema: “Novas Vozes das Américas”. Os três escritores participarão também de sessões de autógrafos.
Segundo Sueli Brandão, presidente do Instituto da Educação e do Livro, responsável pela organização do evento, a presença de estrangeiros visa promover a integração e fortalecer as relações entre os países da região trinacional. Para ela, mais especificamente em relação aos Argentinos, será uma troca de experiências muito rica, não apenas de conhecimento, mas também de cultura, pois, os argentinos são considerados grandes leitores.
Enquanto no país vizinho, eles lêem uma média de 20 livros por ano, no Brasil, esse número cai para dois. “Temos muito que aprender com os argentinos na área da literatura”, disse.
Sueli salientou que na Argentina, as pessoas cultivam o hábito na leitura em todos os lugares, inclusive, na praia, onde há locadoras de livros.

“La Cárcel”
O argentino Marcelo Moreyra, nascido em São Pedro, na região de Missiones, pode ser considerado um homem polivalente. Ele é poeta, escritor, pintor, grafiteiro, professor e locutor. Em sua carreira como autor publicou quatro títulos e está em várias antologias nacionais e internacionais.
Para ele, a realização da Feira do Livro é uma forma de disseminar o gosto pela leitura e ao mesmo tempo valorizar e divulgar o trabalho realizado pelos escritores de várias nacionalidades e culturas.
Sobre a participação dele, Moreyra destacou ser de grande importância, pois, terá a oportunidade de conhecer outros autores não somente argentinos, mas brasileiros e paraguaios. “Será uma verdadeira troca de conhecimentos”, disse.
Entre as obras publicadas durante a trajetória, “La Cárcel” é considerada pelo autor, o principal título dele. Segundo Moreyra é um romance que conta a vida do próprio pai que foi policial na fronteira da Argentina com o Brasil. Ele relatou que como grande parte dos romances, “La Cárcel” é uma história muito intrigante que reúne amor, delinqüência, morte e traição. “Todos esses elementos estão envolvidos em um grande enredo de suspense do começo ao fim do livro”, garantiu.
“La Cárcel” foi lançado em 1998, pela Editora Universitária. A primeira edição vendeu milhares de exemplares. Segundo o escritor, está programando a reedição do livro.
Outros livros de Moreira são: “Distancias” (poesia, 1990), “Gritos en el viento” (Poesía y cuento, 1992), “De espadas y duendes” (Poesia, 2006). Além dessas quatro obras, ele tem outros três títulos a ser lançados: “El soldado” (contos), “Poemas del sol” (Poesia) e “La Calle Gervasio” (Romance).
Olga e Larrea
Outro grande nome da literatura Argentina é Olga Zamboni. Também da região de Missiones, Olga é formada em letras e especialista em literatura clássica. Entre as obras publicadas está “Latitudes, Poemas de las Islas y de Tierrafirme”, obra que deu a ela o Prêmio da Secretaria de Cultura de La Nación. Na lista também está Veinte Cuentos En Busca De Un Paraguas e “Tintacuentos”. Uma das principais obras de Olga é “Mitominas” que a través desta história a autora garante que o leitor fará uma viagem pela região guarani. O livro já foi traduzido para o Português e o Inglês.
Alfonso Daniel Larrea será outro escritor a fazer apresentações das obras na Feira do Livro. Ele é dentista, gestor de cultura e comunicação, professor e escritor.
O evento é realizado pelo Instituto da Educação e do Livro com o apoio da Fundação Cultural e Itaipu Binacional.

 

 

 

 

Copyright Instituto da Educação e do Livro ® - 2008 - Todos os Direitos Reservados ||| Desenvolvido por Zumerata Internet